Astroletiva Escola de Astrologia

Astroletiva já tem data para voltar

Fernando Fernandes

Afiando as garrasA nova Astroletiva está afiando as garras. Depois de um longo e produtivo verão de trabalho nos bastidores, a Astroletiva volta em 2 de abril, e sua reestreia se dará com a versão internet do Presságios 2014. Em seguida entram em cena os demais cursos.

Mas você deve estar se perguntando: por que uma interrupção tão longa? A resposta é simples: porque jamais haverá outra oportunidade como esta!

Num primeiro momento, meu plano era apenas atualizar a versão da plataforma e trocar o provedor de hospedagem, de forma a obter um ganho imediato de performance. Contudo, fui descobrindo que não valia a pena fazer somente uma reforma parcial, pois os dois projetos – Constelar e Astroletiva – necessitavam de uma completa reestruturação. Entre fazê-la aos poucos ou “fechar para balanço” e investir toda a energia na mudança, optei pela segunda opção, que trará benefícios muito maiores no médio e longo prazo.

Em que pé as coisas estão? Eis um resumo.

Migração para nova plataforma

Desde 2008 Astroletiva vinha utilizando a plataforma de educação a distância Moodle, em sua versão 1.9. A partir de 2010 já estava disponível o Moodle 2.x, com uma tecnologia bem mais atualizada, mas a migração do banco de dados era uma verdadeira operação de guerra, devido à incompatibilidade entre as versões. Essa migração acaba de acontecer. Para isso foi preciso contratar um Moodle Partner (empresa autorizada oficialmente pelo Moodle.org da Austrália). A migração, tremendamente complicada, levou nada menos que 50 dias (!) e quase me fez perder os poucos cabelos que ainda me restam, mas acabou tendo um final feliz. Todos os dados foram transferidos com perfeição, incluindo os registros de notas, certificados emitidos etc.

Moodle UFSCO Moodle vem sendo utilizado hoje nos programas de educação a distância (EAD) de quase todas as universidades públicas brasileiras. Na imagem, a instalação do Moodle da Universidade Federal de Santa Catarina, uma das pioneiras em EAD no país. Astroletiva utiliza a mesmíssima tecnologia.

Como nada é perfeito, restou ainda um trabalho braçal para executar: reformatar um a um os links de TODAS as imagens em TODOS os cursos (várias centenas). Apesar de relativamente simples, já que não depende de nenhum suporte externo, trata-se de uma etapa bastante trabalhosa, que ainda deve avançar pelo mês de março.

Já os efeitos colaterais positivos são dois: a nova plataforma dá suporte a layouts responsivos e tem integração nativa com diversos recursos multimídia (Parece grego? Então espere para ver na prática.)

O fim do gargalo dos e-mails

serviço de e-mailUm dos maiores gargalos operacionais de Constelar e Astroletiva sempre foram as limitações impostas pelos provedores de hospedagem quanto ao envio de e-mails simultâneos. Imagine, por exemplo, uma turma do curso introdutório gratuito de Astroletiva com 500 alunos inscritos e três pessoas diferentes postando comentários quase ao mesmo tempo no fórum de discussão. O resultado seriam 1500 disparos de e-mail – três para cada aluno – provocando um bloqueio automático do provedor, que deixaria nosso site “em quarentena” por algumas horas. Até poucos anos atrás, a única solução seria contratar um caríssimo (e desnecessário, sob outros aspectos) servidor dedicado. Agora, esta limitação está sendo resolvida com a contratação de um serviço de SMTP externo, de grande capacidade, que atua como uma espécie de carteiro terceirizado.

Constelar: vassourada geral

Paralelamente, o site Constelar também está sendo virado pelo avesso. Provavelmente você não percebeu, mas o site perdeu mais de mil páginas nas últimas semanas. São notícias que envelheceram, formulários sem uso, avisos de eventos que já aconteceram, coisas assim. A parte que continua valendo a pena está migrando para um gerenciador de conteúdo moderno, com um framework que utiliza HTML5 e CCS3, layout já adaptado a dispositivos móveis e outras mudanças.

Dois sites geminados

Como os sites de Constelar e Astroletiva são – digamos – “geminados”, a reformulação de um implica necessariamente a revisão do outro, dada a quantidade de links cruzados e recursos compartilhados. Constelar é um site enorme, um verdadeiro dinossauro web com 15 anos de presença na internet. As seções mais antigas têm scripts obsoletos e layout jurássico. Por esta razão, tenho evitado fazer grandes atualizações, pois cada novo artigo inserido obriga à atualização de catorze diferentes páginas de indexação. Tudo isso está sendo mexido junto com as mudanças no site Astroletiva. O desenvolvimento está acontecendo num ambiente de testes e, quando tudo estiver pronto, migrará de uma vez só para o endereço definitivo.  

Estratégia educacional

Fernando Fernandes no simpósio do Sinarj 2013Uma outra mudança que estou aproveitando para implantar é a da estratégia educacional por trás dos cursos de Astroletiva. Trata-se, contudo, de uma história mais longa, que deixo para contar na próxima mensagem.

Um abraço a todos,

Fernando Fernandes

 

 

Terra do Juremá Contato | ©1999-2014 Terra do Juremá Comunicação Ltda.