Astroletiva Escola de Astrologia

Outras dúvidas frequentes sobre a Escola Astroletiva

Reunimos neste FAQ (sigla em inglês de Frequently Asked Questions) algumas perguntas muito frequentes que recebemos sobre os cursos da Escola Astroletiva, com suas respectivas respostas. Esta página complementa aquelas que explicam a diferença entre os cursos em padrão e-learning e aqueles ainda em padrão PDF.

 

1. Posso escolher qualquer curso e inscrever-me nele a qualquer momento?

Para preservar a qualidade dos cursos, Astroletiva oferece, por enquanto, um máximo de sete a dez diferentes cursos a cada mês. Você só pode inscrever-se, portanto, nos cursos que constam da programação mensal. Se o que você deseja não está programado para este mês, não se preocupe: cada curso é oferecido, em média, três vezes ao longo do ano, o que significa que você logo terá a oportunidade de fazê-lo.

2. Posso apresentar minhas dúvidas ou comentários em outra língua que não seja o português?

Sim, você pode escrever para os instrutores em espanhol ou inglês, por exemplo. Contudo, as respostas sempre serão dadas em português.

3. Posso fazer o curso de Astroletiva anonimamente?

Para inscrever-se nos cursos você precisará fazer um cadastro com dados reais, que não são acessíveis para outros alunos de Astroletiva. Se preferir, você pode adotar um "nome de guerra" para participar dos fóruns do curso. Interagir com os demais participantes, via listas de discussão, é uma opção sua. Astroletiva estimula tal forma de interação, mas não a obriga.

4. Por que alguns cursos, como os de Sinastria e de Aspectos, são divididos em módulos 1, 2 etc.?

Alguns dos temas do currículo de Astroletiva são muito extensos para um único curso, necessitando de dois a três módulos para sua adequada exposição e prática.

5. Posso utilizar os cursos para tirar dúvidas relacionadas ao meu próprio mapa astrológico e de pessoas de meu conhecimento?

A prioridade de atendimento é para as dúvidas que se refiram diretamente ao material didático de cada curso, incluindo o conteúdo das lições e os mapas de estudo. Referências ao próprio mapa do participante, quando ocorrerem, serão sempre feitas em caráter didático, e não de consultoria pessoal. O grande critério de atendimento nos cursos de Astroletiva é o interesse do grupo como um todo - tal como aconteceria numa escola presencial.

Nos cursos especiais gratuitos, o grande número de participantes impede uma atenção personalizada a cada inscrito. Nestes, é feita uma triagem e são respondidas apenas as dúvidas que possam interessar a todos.

6. Se eu quiser repetir um dos cursos, terei de pagá-lo de novo?

Não. Astroletiva permite a seus participantes repetir quantas vezes desejarem o mesmo módulo, sem custo adicional. Se o material do curso for aperfeiçoado ou ampliado, todos têm direito à versão mais recente de cursos já realizados.

7. A profissão de astrólogo é regulamentada?

A atividade profissional do astrólogo ainda não é oficialmente regulamentada, o que significa dizer que não há uma legislação específica e um conselho federal que regulem o exercício profissional. Algumas iniciativas nesse sentido tramitam no Congresso Nacional, mas não há perspectiva de regulamentação em curto espaço de tempo. O mesmo aconteceu antes com a Homeopatia e com a Acupuntura, que existiram no país durante décadas como ocupações informais. Todavia, a comunidade profissional dos astrólogos é muito bem representada por diversos sindicatos e entidades de classe, algumas de atuação nacional. Estudar em boas escolas é um passo importante para que o novo astrólogo seja reconhecido pela comunidade e admitido nos sindicatos e entidades de classe.

 

Terra do Juremá Contato | ©1999-2014 Terra do Juremá Comunicação Ltda.